A ONG Eternamente Sou em Santa Catarina promoveu esse mês o Evento ‘Café e Memórias’. Como a primeira organização com foco em pessoas idosas LGBT no Estado, a ONG ministrou um encontro online, que teve como tema “O Universo Mágico de Santa Catarina”, que contou com diversas apresentações e pôde ser acompanhado pelo Google Meets.

A intenção é socializar as pessoas idosas LGBT e discutir temas importantes para a sociedade. Criada em 2017, a Eternamente Sou é o primeiro centro de referência e convivência para pessoas LGBT com mais de 50 anos de idade no Brasil e oferece atendimento psicossocial por meio de voluntários. A equipe multidisciplinar luta pela defesa de uma velhice digna e saudável para as pessoas da classe.

Uma equipe de psicólogos, advogados, e músicos presta atendimento gratuito. Há também uma mobilização de parceiros para buscar a construção de políticas públicas e consciência social. Tudo pela luta da integridade na velhice LGBT. Por conta da pandemia, as atividades oferecidas no polo de Santa Catarina serão encontros diários via Google Meets, curso de espanhol e encontros de socialização online, como o Café e Memórias.

Contatos

A ONG pretende formar uma equipe de voluntários até o mês de dezembro  para disponibilizar os demais serviços. Em Florianópolis a sede física está instalada na Rua João Henrique Gonçalves, 1635, Casa B, no Canto dos Araçás. E, para fazer parte das ações regulares da ONG, é preciso enviar uma mensagem de WhatsApp ou fazer uma chamada telefônica para o coordenador Celso Rabetti, pelo telefone (11) 95961-4932, ou entrar em contato pelo e-mail eternamentesousc@gmail.com.

Texto originalmente publicado por Marina Martini Lopes e livremente adaptado por Maira Cruz.

Link disponível: https://www.nsctotal.com.br/noticias/primeira-ong-brasileira-com-foco-na-pessoa-idosa-lgbt-chega-a-santa-catarina

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui