No dia mundial do Rock, não poderíamos esquecer de homenagear as grandes estrelas “rockeiras” LGBT+.

O rock vai muito além de um estilo musical, é um estilo de vida, surge quebrando paradigmas, preconceitos e pregando a liberdade e a rebeldia entre os jovens à época, tendo raízes no Blues e no Jazz, é difícil datar um início para o Rock n’ Roll ou um local de nascimento.

Depois da Segunda Guerra Mundial, principalmente, as pessoas começam a fazer perguntas e questionamentos, param de seguir ordens cegamente e conseguem entender, com as consequências da grande guerra, o quanto a maldade é prejudicial a sociedade. Sentimentos de rebeldia, liberdade, a vontade de uma mudança nas atitudes e ideologias pregadas nos anos 50 surgem no mundo todo, principalmente na Europa.

Com isso, poderíamos dizer que surge a ideologia do Rock n’ Roll, nos anos 60 há o início da popularização deste estilo musical, na década de 70 temos os anos dourados do Rock e daí por diante, músicas de fácil entendimento, diretas e com notas músicas inéditas, o Rock é, até hoje, um meio importante de protesto.

Entre as grandes estrelas do Rock n’ Roll, vamos citar alguns importantes nomes LGBT+ que deixaram seu nome na história:

Freddie Mercury – Vocalista da Banda Queen.

David Bowie – O “camaleão” do Rock.

Cazuza – Ex-vocalista da banda Barão Vermelho.

Renato Russo – Ex-vocalista da Legião Urbana.

DIVULGAÇÃO

Elton John – Tem o título de Sir pela Rainha da Inglaterra.

Rob Halford – “Frontman” da banda Judas Priest.

Janis Joplin – Enfrentou repressão pesada por seus posicionamentos.

Rolling Stone destaca 9 personalidades LGBT+ que mudaram o Rock.

Obs: Quem quiser saber mais sobre estes astros, há biografias e discografias espalhadas por todo lado.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui