Desde a revolta de Stonewall em 28 de junho de 1969, data que originou o dia do Orgulho LGBT no mundo, a comunidade LGBT vem conquistando seu espaço, respeito e visibilidade. É um caminho longo e lento, mas que tem sido percorrido com força por todos que lutam pelo direito de ser quem é.

A Cultura tem um poder de transformação social e artistas LGBT não precisa tem utilizado a arte como meio de difundir conceitos e quebrar paradigmas e intolerâncias. Eles expõem seus trabalhos de forma política, exemplificando suas trajetórias e fazendo o espectador compreender melhor os universos em que estão inseridos.

Pensando nisso, a equipe da ONG Pais Afetivos, desenvolveu o projeto “Gente é pra Brilhar” como celebração do mês do Orgulho LGBT+.

Esse projeto conta com a colaboração de 4 artistas brasileiros LGBT que através de vídeos nos contam sobre suas trajetórias como artistas, seus trabalhos e trazem reflexões sobre como ser LGBT dentro do contexto artístico cultural brasileiro.

Os artistas convidados foram:

Vinícius Grossos:

Escritor e gay, Vinícius se formou em jornalismo pela UFJF e atualmente mora em São Paulo. É autor dos livros infanto juvenis:

Sereia Negra (Independente) — 2014.

O garoto quase-atropelado (Faro Editorial) — 2015.

 1 + 1 — A Matemática do Amor (Faro Editorial) — 2016.

O Verão em que tudo mudou (Faro Editorial) — 2017.

 Feitos de Sol (Faro Editorial) — 2019

João F. Tavares Kawasaki:

Homem trans e fotógrafo. Vive na cidade de Araçatuba, interior de SP. É fotografo oficial de vários festivais culturais, criador do projeto “Exposição Luminosa”, e do canal “Trans não hormonizado”. 

Thiago Kistenmacker:

Homem gay, diretor, produtor e montador de cinema. Formado em Cinema pela Estácio, produziu diversos curtas como “Voltando pra casa” (2014), Canto da Sombra (2016), Ontem (2017) e o filme que está em processo de lançamento “Memórias de quem (não) fui”.

Jenifer Prince:

Ilustradora e lésbica, nascida em Guaxupé, interior de Minas Gerais. É formada em Artes e Design pela UFJF. Seu trabalho tem como foco principal a representação de mulheres lésbicas.

Os vídeos serão compartilhados no Instagram da Pais Afetivos (link) do dia 24 a 27 de junho, às 20h.

Não percam!

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui