O dia 25 de julho, Dia Nacional do Escritor, é uma data escolhida para homenagear esses profissionais indispensáveis para educação e cultura. São eles quem eternizam assuntos, histórias e fatos. Sejam livros didáticos, de ficção, histórias fantásticas, narrativas breves, crônicas, análises não ficcionais do passado ou do presente. Todas elas foram escritas por alguém.

A data foi oficializada em 25 de julho de 1960, data da realização do I Festival do Escritor Brasileiro, uma iniciativa da União Brasileira de Escritores (UBE), na época presidida por Jorge Amado e João Peregrino Júnior.

Xuxa

A apresentadora Xuxa, mais conhecida como “rainha dos baixinhos”, vai ingressar na carreira de escritora de livros infantis e pretende publicar obras educativas, com temas como veganismo e também LGBTQIA+, procurando demonstrar o valor da diversidade desde a infância.

“Tem um (dos livros), que é o meu xodó, que é a história da Maia. Uma menina arco-íris, que tem duas mães, que é minha afilhada. Fiz esse livro pensando em tudo o que a gente está passando, tanto preconceito, tanta discriminação, tanta gente julgando as pessoas pelas suas escolhas, condições ou vontades. Aí eu tentei colocar de maneira lúdica, bonita, para que as crianças possam entender que o amor é mais importante do que qualquer coisa”, afirmou Xuxa Meneghel.

O livro provavelmente será feito pela Editora Globo.

“A importância da criança olhar para o bichinho e não ser aquela coisa específica “eu gosto de cachorro e gato, mas não tô nem aí para a vaca, para a galinha ou para o peixinho”. E aí também botei dessa maneira e acho que eu vou conseguir chegar onde eu quero”, completou durante a entrevista para o OtaLab.

Obras Literárias

A Capricho preparou uma lista repleta de livros com temática LGBTQIA+, confira:

Você tem a vida inteira (Lucas Rocha)

Sinopse: Um livro sensível sobre o amor após um diagnostico de HIV. O livro de estreia de Lucas Rocha é sensível e honesto sobre um assunto que ainda é um grande tabu.

As vidas de Ian, Victor e Henrique são entrecortadas pelo diagnóstico do HIV. Victor fica inseguro ao descobrir que Henrique, com quem está começando uma relação, é soropositivo e resolve fazer um teste, mesmo que os dois só tenham transado com camisinha. Logo depois de um resultado negativo, ele conhece Ian, um universitário como ele que acabou de receber uma notícia que pode mudar sua vida. No impulso de ajudar o garoto, Henrique entrelaça os destinos dos três.

Lucas Rocha narra, a partir das três perspectivas, os medos, as esperanças e o preconceito sofrido por quem vive com HIV, mas, principalmente, conta uma história que não é sobre culpa ou sobre estar doente, e sim sobre como podemos formar nossas próprias famílias e sobre nunca esquecer que ainda temos a vida inteira.

Não inclui manual de instruções (T.S. Rodriguez)

Sinopse: Gemma não quer que seu filho Conor, um premiado escritor no espectro do autismo, termine sozinho e decide assumir a tarefa de encontrar o namorado perfeito para ele.

Não será nada fácil para Aidan, o escolhido; Conor é sincero demais, obcecado por seus livros e nunca ri das piadas dele!

Prepare-se para sentir o coração aquecido e se divertir com as armações de Gemma, a sinceridade de Conor e a espontaneidade de Aidan. Esse livro é tão fofo e apaixonante, que nunca mais fará você duvidar do amor.

Tash Tolstói (Kathryn Ormsbee)

Sinopse: Natasha Zelenka é apaixonada por filmes antigos, livros clássicos e pelo escritor russo Liev Tolstói. Tanto que Famílias Infelizes, a websérie que a garota produz no YouTube com Jack, sua melhor amiga, é uma adaptação moderna de Anna Kariênina. Quando o canal viraliza da noite para o dia, a súbita fama rende milhares de seguidores e, para surpresa de todos, uma indicação à Tuba Dourada, o Oscar das webséries. Esse evento é a grande chance de Tash conhecer pessoalmente Thom, um youtuber de quem sempre foi a fim. Agora, só falta criar coragem para contar a ele que é uma assexual romântica ou seja, ela se interessa romanticamente por garotos, mas não sente atração sexual por eles. O que Tash mais gostaria de saber é- o que Tolstói faria?

Parabéns escritores!

Parabéns a todos os escritores que trazem tantas informações a seus leitores e, principalmente, parabéns a todos que compõe a redação da PaisAfetivos por este grandioso dia! Amanda Gonzalez, Fabiana Panini, Geraldo Ramalho e nossa colaboradora e jornalista, Thais Eloy. Um forte abraço! É o que deseja sua redatora-chefe Gabriella Silva e todos da PaisAfetivos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui